Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

FAROL - Manifesto de Artistas e Intelectuais com Camilo pela democracia

Para: artistas, escritores, atores, músicos, intelectuais, designers, arquitetos(as), professores(as), produtores(as) culturais, fotógrafos, jornalistas, cientistas, empreendedores do setor criativo, bailarinos(as), chefs e cozinheiros

A Cultura existe nos fatos. O Ceará é, hoje, o farol cultural do Brasil. Enquanto o Ministério da Cultura se reduz a uma pasta sem nenhuma voz ou recursos, a Secult, o Instituto Dragão do Mar, os artistas, grupos e movimentos cearenses lideram processos de resistência e afirmação da força da cultura por todo o Brasil.

Nos últimos 4 anos, foram muitas as conquistas do governo Camilo: das escolas de formação em artes e cultura, aos cursos para jovens, coletivos, especialmente da periferia, uma programação intensa nos centros culturais, ampliação da rede de instituições culturais, a promoção das manifestações populares e dos saberes tradicionais dos mestres e mestras da cultura, a preservação e difusão do patrimônio cultural, editais de fomento à produção e difusão artísticas e o aumento do orçamento da cultura para 1.5%.

Queremos #MuitoMaisCultura. É hora de afirmar a democracia cultural e a cultura democrática. A Cultura e a Arte são uma necessidade para toda a população. A concentração do capital cultural, a cada dia, faz a desigualdade aumentar. Faz-se necessário avançar com firmeza na redistribuição do poder simbólico, democratizar o acesso ao conhecimento e a cultura. Os centros culturais e as escolas de formação artística devem chegar à periferia de todas as nossas cidades. A produção e circulação cultural devem ser pensadas de forma descentralizada. Nossos artistas precisam de um circuito de teatros, cinemas e circos. Nossos jovens precisam de bibliotecas, museus e centros culturais dinâmicos. As mulheres precisam de políticas culturais que fortaleçam suas lutas. As crianças, índios, negros, povos tradicionais e as pessoas LGBT precisam de políticas que possam afirmar suas identidades na diversidade. A arte precisa ser cada dia tão democrática como o nosso sol.

Alegria dos que não sabem e descobrem.
O Ceará invenção pede passagem.
A alegria é a prova dos nove.
A ampliação do público e dos criadores vai nos trazer legitimidade.
Todos os cearenses precisam comer, cantar, atuar, dançar, poetar e sonhar.
A vida como surpresa boa.
Uma nova escala.
A inclusão democrática de todos que ficaram à margem desde a escravidão.
Uma visão cultural que derreta os gabinetes gelados.
O Sertão e o Litoral se misturando numa entrega amorosa.
A reza e o bumba meu boi.
O rock e o meu Padim.
O bolero e o baião.
O cordel digital balançando as redes culturais nas feiras livres do Sertão.

Só a CULTURA vai nos re-unir em nossa diversidade. Socialmente. Economicamente. Filosoficamente.
Cultura ou barbárie: Eis a questão!
Somos artistas, escritores, atores, músicos, intelectuais, designers, arquitetos(as), professores(as), produtores(as) culturais, fotógrafos, jornalistas, cientistas, empreendedores do setor criativo, bailarinos(as), chefs e cozinheiros.

Estamos com Camilo, pela democracia e contra todos os fascismos.



Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
76 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar