Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-Assinado pelo aumento do efetivo policial em Sorocaba e Região!

Para: Governador Geraldo Alckmin, Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e ALESP

Assine e compartilhe o Abaixo-Assinado Virtual pelo aumento do efetivo policial em Sorocaba e Região!

Sorocaba com mais 650 mil habitantes precisa urgentemente aumentar o seu efetivo policial para melhor atender o crescimento populacional, temos apenas 400 policiais militares e 1 batalhão da PM, enquanto cidades menores como Jundiaí com pouco mais de 400 mil habitantes possuem 797 policiais militares e 2 batalhões da PM. Temos em Sorocaba, apenas 1 policial militar para cada 1631 habitantes, enquanto Jundiaí tem 1 policial militar para cada 508 policiais militares. Sendo que no Brasil tem 1 PM para cada 473 habitantes e no Estado de São Paulo, um PM por 488 habitantes, segundo IBGE.

Desejamos que o efetivo da PM em Sorocaba, se iguale a proporção PM por habitantes de Jundiaí, que daria um efetivo 1284 policias ou simplesmente aumente. Além disso, pedimos o aumento do efetivo de policiais civis e atendes nos Plantões da cidade, pois existe uma dificuldade muito grande de se registrar boletins de ocorrência devido a demora do atendimento que deve acontecer por falta de pessoal, especialmente o Plantão Norte, já que em 2013, o Jornal Cruzeiro do Sul noticiou que a Polícia Civil reduziu 10% do efetivo da cidade em 10 anos.

A nossa cidade de Sorocaba é um município brasileiro da Região Metropolitana de Sorocaba, da Mesorregião Macro Metropolitana Paulista e da Microrregião de Sorocaba, no estado de São Paulo. É a quarta mais populosa do interior de São Paulo (precedida por Campinas, São José dos Campos e Ribeirão Preto) e a mais populosa da região sul paulista, com uma população de 652 481 habitantes, estimada pelo IBGE, sendo, portanto, uma capital regional.

Mas mesmo assim Sorocaba tem um efetivo policial menor do que em 1996, quando a cidade tinha 431.561 habitantes. Há pelo menos duas décadas Sorocaba não recebe novos policiais militares. Segundo o ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), o atual efetivo da Polícia Militar (PM) na cidade é o mesmo de quando o município contava com 400 mil habitantes. E segundo uma declaração em 2015, do então Tenente Coronel Ramos o efetivo de Sorocaba era em torno de 400 policiais, que inclusive foi confirmado pelo ex-prefeito Pannunzio em uma entrevista ao Jornal Cruzeiro do Sul,: "A nossa cidade tem um batalhão com (efetivo) entre 400 e 500 homens. É o mesmo efetivo que tínhamos quando a cidade tinha 385 mil, 400 mil habitantes. Esse efetivo é só para Sorocaba mas já não atende a cidade ainda mais se considerarmos que sempre teremos policiais de férias, afastados por problemas de saúde ou em funções internas e administrativas"

Regiões do DF com mais mortes têm menos policiais, aponta levantamento realizado pelo G1, que com base em relatórios da Secretaria de Segurança Pública do DF, mostra que as regiões mais violentas do Distrito Federal têm menos policiais e equipamentos de segurança do que áreas mais ricas e com menores índices de criminalidade. Porque esse levantamento feito no Distrito Federal é importante para reforçar a ideia de quanto mais policia, teremos menos crimes e menos mortes. Logicamente, que a alto índice de violência e criminalidade está muito ligada a um facilitador da criminalidade é a fragilidade da legislação brasileira, principalmente no que se refere às regras e punições para os criminosos, mais ainda sim o efetivo policial é essencial para combate a criminalidade e a diminuição de crimes. O número de homicídios dolosos registrados na cidade de Sorocaba entre os meses de janeiro e novembro de 2016 cresceu o equivalente a 25,5% na comparação com o ano anterior. Segundo estatísticas da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), foram registrados 59 casos do tipo na cidade nos 11 primeiros meses do ano passado, somando ao todo, 60 vítimas (isso porque houve um duplo homicídio). Em 2015, também no período de janeiro a novembro, foram 47 assassinatos com 49 vítimas. Se contabilizados os dados do ano inteiro de 2015, o número de homicídios chegou a 53, com 56 vítimas, ainda abaixo da parcial de 2016. Em média, duas pessoas foram mortas na cidade a cada 11 dias no ano de 2016.

Os meses mais violentos do ano foram os de fevereiro e outubro, quando foram registrados sete casos. Em outubro, porém, foram oito mortes. Isso porque em um dos casos, um casal foi assassinado na manhã de uma sexta-feira no Jardim Aeroporto. Eles estavam dentro de um carro quando foram alvejados. Foram efetuados pelo menos nove disparos na ocasião, sendo que Eric de Aguiar, 25 anos, morreu dentro do veículo e a jovem Renata Barbosa do Nascimento, 23 anos, tentou fugir correndo, mas foi atingida nas costas. Na noite anterior ao crime, um homem de 51 anos foi assassinado a tiros em frente do sobrinho num bar no bairro Nova Sorocaba. O início do ano de 2017 também foi marcado por duas mortes violentas logo no primeiro dia do ano, ambas registradas na zona norte de Sorocaba.

O cenário da violência enfrentado pelo município no último ano vai na contramão das estatísticas da Região de Sorocaba. Enquanto a cidade sede aponta um crescimento no número de homicídios, a área de 78 municípios compreendida pelo Comando de Policiamento do Interior 7 (CPI-7) registrou uma redução nos mesmos índices: em 2015 foram 201 casos com 210 vítimas, enquanto no ano passado foram 186 registros com 192 vítimas. A redução é de 7,4% e o período avaliado também é referente aos meses de janeiro a novembro em ambos os anos.



Qual a sua opinião?

Abaixo-Assinado pelo aumento do efetivo policial em Sorocaba e Região!, para Governador Geraldo Alckmin, Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e ALESP foi criado por: Movimento Sorocaba Segura.
O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
215 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar