Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-assinado em repúdio as cenas distorcidas sobre o RPG veiculadas na novela REBELDES da rede RECORD

Para: Rede Record, Poder Público e a União

Nesta semana a rede Record de televisão veiculou em sua novela adolescente Rebeldes cenas deturpadas do jogo conhecido como RPG - Role Playing Game - com o claro objetivo de passar ao seu público uma imagem distorcida da realidade.

Os jogos de RPG são foco de estudos científicos e existem diversas pesquisas que apontam inúmeros benefícios do jogo para o desenvolvimento de esferas de conhecimento mesmo quando praticados pura e simplesmente como lazer.

Sendo assim, cabe a nós jogadores de RPG, comunidade acadêmica, pais, professores, pessoas esclarecidas em geral que entendem de fato do que se trata o RPG REPUDIAR a veiculação de cenas tão distorcidas da realidade capazes de criar muito mais danos do que benefícios a sociedade. O público alvo da novela, crianças e adolescentes podem acreditar que aquilo que é mostrado na novela é um jogo de RPG, levando-os a praticar algo muito diferente do que realmente o é.

Seguem algumas das distorções apresentadas:

1-) Na novela o jogo acontece o tempo todo, não existe separação entre o real e a fantasia. Quando se joga RPG de verdade se joga por um determinado tempo e num determinado espaço, toda criança sabe quando está brincando ou não. Esta é a uma das principais premissas do RPG.

2-) Novamente na novela o GM (Game Master), Mestre de Jogo ou Narrador aparece como um soberano que dita ordens e estas devem ser cumpridas sem questionamento algum. Na verdade quando se joga RPG o GM é um mediador que atua nas regras do jogo para resolver disputas e conduzir a trama do jogo, não se trata de um ditador absoluto com poderes ilimitados como é retratado. A trama é construída em conjunto, com regras claras e dispostas nos livros de RPG ou previamente combinadas entre todos os jogadores.

3-) Um dos pontos mais graves na novela, a primeira "missão" dada pelo GM para os jogadores é sair na rua e assustar a primeira pessoa que passar, um absurdo. RPG não tem nada disso e não envolve não jogadores no jogo. Os participantes tem a clara noção de que o jogo se passa num universo imaginário e não numa mistura entre realidade e fantasia. Muito menos envolvendo pessoas alheias ao jogo com comportamentos de gosto tão duvidoso.

4-) Na novela está sendo retratado um jogo de vampiros, novamente outro esteriótipo negativo, o jogo de RPG não acontece apenas com temas como vampiros, lobisomens ou criaturas sobrenaturais, existem muitos jogos ambientados em cenários históricos ricos em referências culturais e conhecimentos gerais. A mídia insiste em retratar apenas como um jogo onde os participantes vestem capas pretas, dentes de vampiros e saem por aí assustando pessoas.

Estas são alagumas das distorções claramente identificadas, desta forma vamos recolher o máximo de assinaturas possíveis para uma ação de REPÚDIO a estas cenas de gosto duvidoso que causam muito mais danos que benefícios, tratando o espectador, em sua maioria adolescentes, como marionetes acéfalas.

Queremos um basta a esse tipo de mídia irresponsável e tendenciosa, um basta a ignorância em tempos de acesso a informação e esclarecimento. Que as autoridades tomem providências contra esse tipo de posicionamento altamente prejudicial a infância e adolescência em nosso país, invertendo claramente a realidade para propósitos mesquinhos como aumento da audiência ou desinformação.

Assim convidamos a todos que apóiam este movimento, que expressem seu posicionamento e o repúdio ao acontecido!

Assina Mateus de Souza Rocha um jogador de RPG, pesquisador e professor universitário e todas as pessoas, associações e movimentos que concordam com estas palavras assinadas abaixo.




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
2.340 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar