Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

SOS PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE TORRES

Para: Ministério Público do Estado do RS, Sr. Victor Hugo Secretário de Estado da Cultura, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Sup. RS), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul:

Torres é um município brasileiro situado no extremo norte do litoral Atlântico do Estado do Rio Grande do Sul. A paisagem da cidade se destaca por ser a única praia do litoral gaúcho em que sobressaem paredões rochosos à beira-mar e também por ter à sua frente a única ilha marítima do estado, a Ilha dos Lobos.

Conheça a História de Torres aqui: https://pt.wikipedia.org/wiki/Torres_(Rio_Grande_do_Sul)

Esse município, de singular beleza no RS, se desenvolve hoje com um profundo desrespeito aos registros edificados que marcam a sua História de Vida, do Estado e do Brasil. Violando as considerações do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural, legalmente constituído, que luta desesperadamente para salvar marcas históricas de existência, sejam naturais ou edificadas. A Defender – Defesa Civil do Patrimônio Histórico, expõe ao Mundo essa situação onde o mais importante é a preservação daquilo que a sociedade de Torres e o COMPHAC, procuram fazer dentro da gigantesca Tutela de Proteção ao Patrimônio Cultural Brasileiro e do Meio Ambiente.

“Enquanto o turismo trouxe progresso e crescimento, tornando a cidade um polo estadual para eventos, festas, competições esportivas, espetáculos e outras atrações, trouxe também sérios problemas para o meio ambiente e a cultura tradicional. Antes coberta pela Mata Atlântica, ali de biodiversidade especialmente rica pela variedade de ambientes criados pela geografia complexa da área, hoje tem este patrimônio natural severamente ameaçado e muito reduzido, com poucas áreas preservadas, já tendo perdido muitas espécies e estando outras tantas em perigo. Há notícia também de especulação imobiliária, de poluição, de pobreza, de criminalidade, todos problemas graves encontrados em cidades com crescimento acelerado. Este crescimento também tem repercutido negativamente sobre a sua herança histórica e artística, pois ainda não se percebe uma conscientização patrimonial bastante, por parte das instâncias oficiais e mesmo da população, para frear o ritmo acelerado de destruições ativas e perdas passivas de bens culturais materiais e imateriais.” – Wikipédia.

Nesse momento está em andamento a demolição e transferência do Chalé dos Gerdau, uma casa de veraneio, um raro remanescente de época, com magnífica conservação, localizada na rua Marechal Deodoro, 400 (Rua Protásio Alves, 18), localidade da Prainha. Sua demolição, por pretexto fútil, ignora sua importância ambiental dentro da poligonal de proteção da Igreja Matriz de São Domingos, inscrita no Livro Tombo do Estado sob número 15, em 07 de fevereiro de 1983, mutilando a paisagem cultural de valor ambiental, de interesse histórico e de interesse público e destinação incerta.
Provavelmente para atender interesses da especulação imobiliária.

A Defender – Defesa Civil do Patrimônio Histórico, o grupo Historiadores de Torres e o COMPHAC denunciam essa ação predatória e apelam ao Ministério Público do Estado do RS e, ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul, para que tomem com a máxima urgência, as medidas cabíveis, em mais um caso de descaracterização e mutilação de registros da História, ferindo a Tutela do Patrimônio Cultural Brasileiro e do Meio Ambiente, em desacordo com as decisões do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural do Município.



Qual a sua opinião?

SOS PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE TORRES, para Ministério Público do Estado do RS, Sr. Victor Hugo Secretário de Estado da Cultura, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Sup. RS), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul: foi criado por: Defender - Defesa Civil do Patrimônio Histórico.
O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
46 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar