Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Casa LGBT+ Curitiba

Para: Prefeito de Curitiba Rafael Greca

O grande número de pessoas LGBTI+ em situação de rua nas grandes cidades brasileiras é um dos resultados da marginalização da população no país e Curitiba não foge dessa realidade.
Segundo uma pesquisa do Instituto Data Popular realizada em 2013, 37% dos brasileiros afirmam que não aceitariam um filho LGBTI+ em suas casas.

A cada 19 horas um LGBTI+ é assassinado no Brasil, segundo o levantamento feito pelo Grupo Gay da Bahia, a mais antiga associação LGBTI+ do Brasil.
O Brasil também ocupa o primeiro lugar entre os países mais transfóbicos do mundo, sendo o país que mais mata transexuais e travestis. Entre 2008 e 2014, foram registradas 689 mortes de pessoas trans e travestis. Em 2020 o aumento de assassinato de pessoas trans foi de 41% (dados trazidos pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais - ANTRA).

Segundo pesquisa da empresa de recrutamento Elancer, 20% das empresas se recusam a contratar homossexuais no Brasil. Para transexuais e travestis o número é ainda pior – menos de 10% das mulheres trans no Brasil conseguem entrar no mercado formal de trabalho, de acordo com a Associação das Travestis e Transexuais do Triângulo Mineiro.

Para que os milhares de LGBTI+ no Brasil saiam da situação de vulnerabilidade, é preciso políticas públicas que transformem essa realidade. Enquanto a discriminação contra a população LGBTI+ for uma realidade, espaço como uma casa LGBTI+ se faz necessário para manter sua Dignidade Humana e terem suporte necessário para reinserção no mercado de trabalho e autonomia como cidadão/ cidadã.
Iniciativas como centros de referência e casa LGBTI+ das prefeituras municipais de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Fortaleza são exemplos de políticas públicas que buscam diminuir a vulnerabilidade social desta população e criam oportunidades de reinserção, através de equipe de apoio especifica e infraestrutura.

Diante desta realidade, nós da comunidade LGBTI+ de Curitiba e pessoas aliadas, solicitamos ao Exmo. Prefeito Rafael Greca a implementação de uma Casa LGBTI+ na capital para que Curitiba permaneça como uma das capitais comprometida com o enfrentamento ao preconceito e discriminação contra a população LGBTI+ e se torne referência em diversidade e inclusão.




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
1.060 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar