Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Carta do Amapá

Para: A Presidência da República, Governo do Estado do Amapá e Público do Cinema Nacional

CARTA DO AMAPÁ

Os profissionais e entidades do Audiovisual do Amapá se manifestam em apoio a Agência Nacional do Cinema - Ancine, ao Fundo Setorial do Audiovisual – FSA e a Lei 12.485. A permanência desses instrumentos é fundamental para a continuidade do processo de desenvolvimento que o setor vem apresentando nos últimos 20 anos. Nosso crescimento é inegável! Crescemos mais que as indústrias farmacêuticas, têxteis e de eletroeletrônicos, isso só foi possível pela existência das políticas públicas que estabeleceram tanto a Ancine, quanto o FSA e a Lei 12.485 que juntos promovem de fato o desenvolvimento e a democratização do mercado cinematográfico brasileiro.

O aspecto de investimento assumido pelo FSA não é uma premiação e visa incentivar as produções nacionais com dividendos que retornam ao próprio fundo, com qualidade para rodar nas diversas janelas de exibição graças a Lei 12.485 que garante essa reserva de mercado. São produtos que estão em pé de igualdade com as obras internacionais e enriquecem as programações que antes estavam restritas a produções estrangeiras.

Esse Audiovisual forte e plural representa soberanamente a criatividade que reside na
diversidade humana e ambiental aqui existentes, afinal vivemos na Região Norte do Brasil, preservado com suas matizes tradicionais e efervescente com sua cultura contemporânea, que historicamente tiveram acesso restrito a essa linguagem, ora pelo custo Amazônia, ora pelas dificuldade geográficas.

O primeiro Edital de produção audiovisual FSA do Amapá provoca um momento transformador
para a cultura Amapaense, pois o Fundo Setorial é um divisor de águas que estabelece formação, produção e distribuição, fortalecendo o setor de forma sustentável econômica e socialmente, criando uma base industrial viável. Gerou mais de 500 empregos diretos e aproximados 600 empregos indiretos. Não é hora de retroceder.

As obras realizadas com esse recurso compõem um mosaico da Memória das comunidades, do Estado do Amapá e consequentemente de nosso País, pelo olhar nativo, seja em documentários ou ficções representam a vida das pessoas daqui. Os problemas e alegrias que só quem é brasileiro sabe como é, especialmente aqueles vividos por nós amazônicos. Nós existimos,
pagamos impostos, escola e gasolina como todo cidadão honesto, queremos trabalhar com dignidade e em equidade de condições, na forma da lei.

Os editais são a forma mais transparente para dar acesso a quem esteja apto para executar os projetos, que são de interesse público, uma vez que o Cinema Nacional é um dos meios de se efetuar os Direitos Culturais conforme Art. 215 da Constituição Federal. Além de gerar empregos revelam a pluralidade da identidade nacional.

Nos unimos as demais iniciativas em favor da Ancine em todo Brasil com intuito de demonstrar essa relevância em números e obras, de buscar dar estabilidade ao setor por meio de regulamentações que visem o bem público acima dos interesses particulares, pois aqui se unem todas as bandeiras em prol do segmento, livre para fazer suas escolhas ideológicas na hora pertinente, nesse momento acima de qualquer ideologia está a independência do mercado e as liberdades individuais - em especial a de expressão. É hora de demonstrar nosso valor, trabalho
e competência. É a hora do Cinema brasileiro ser visto e fazer bonito nas telas do Mundo.

Macapá, 02 de setembro de 2019




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
39 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar