Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Comunidade de apoiadores(as) das religiões de matriz afrobrasileira contra o Fascismo

Para: Médiuns, Frequentadores(as), Entusiastas e Defensores(as) dos Direitos Humanos.

Há tempos que é imprescindível o arremate para luta a favor dos direitos mínimos conquistados. E é nesse momento de caos político enfrentado em nosso país que renasce novas forças de diferentes setores na sociedade. Diante disso, nossas nações (quilombos, Ilês, terreiros, tendas, etc) estão ameaçadas por uma corrente política que ganhou voz institucional nos últimos anos, e que vem assombrando os caminhos já difíceis da nossa legitimidade como povo que louva os Orixás. As intervenções violentas por parte de grupos ligados à extrema-direita e as entidades religiosas que pregam a intolerância, vêm em ritmo crescente.

Esta petição tem por razão aglutinar pessoas de diferentes espaços que se importam com a existência da pluralidade cultural, marca predominante na sociedade brasileira. E é sob a égide da Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) - carta de princípio que se tornou guia da constituição cidadã de 1988 -, que viemos REFULTAR as declarações FASCISTAS discursadas pelo candidato à presidência da república, o Srº Jair Messias Bolsonaro, durante sua trajetória como agente público.

Destacamos sua fala realizada como palestra no Clube Hebraico do Rio de Janeiro em 03/04/2017:

"Pode ter certeza que se eu chegar lá (presidência) não vai ter dinheiro pra ONG. Esses inúteis vão ter que trabalhar. Se eu chegar lá, no que depender de mim, todo cidadão vai ter uma arma de fogo dentro de casa. Não vai ter 1cm (um centímetro) demarcado para reserva indígena ou quilombola."
"Eu fui num quilombola em Eldorado Paulista... Olha, o afrodescendente mais leve lá pesava 7@(arrobas - unidade de medida usada para pesar animais de carga). NÃO FAZEM NADA! Eu acho que nem pra procriador ele serve mais. Mais de R$1Bi de reais por ano gastos neles".

Estas insinuações deflagram, com total clareza, a falta de conhecimento com a questão quilombola/indígena e o preconceito racial, étnico, estético e de classe, contra minorias; típico de personagens fascistas da história contemporânea recente. Não obstante, o mesmo deputado exprime repugnância pelos Direitos Humanos e já afirmou que, caso eleito, irá retirar o Brasil da Organização das Nações Unidas (ONU).

Consequentemente, vemos o ódio político sendo disseminado por diversos setores da sociedade civil. Caso notório foi o recente assassinato confesso do Mestre de capoeira Môa do Katendê por motivos políticos. Compositor, animador cultural, criador do bloco de rua Badauê e ativista de movimento negro, Môa não será esquecido, assim como Marielle e tantas outras pessoas vítimas de crimes políticos.

É notória e URGENTE a nossa organização em combate ao discurso desse político e a não proliferação do ódio contra as matrizes étnica-religiosa-culturais.

Pedimos para que assinem, divulguem e lutem constantemente contra essa horda fascista que vem inundando o inconsciente coletivo de parte da população.

Segue link de comprovação do conteúdo comentado:

Vídeos da declaração no Clube Hebraico
https://www.youtube.com/watch?v=zSTdTjsio5g
https://www.youtube.com/watch?time_continue=7&v=3AEc7mWucVQ

Reportagem da Folha de Pernambuco sobre o crime
https://bit.ly/2C9T8uT
Vídeo de Caetano Veloso lamentando a morte de Mestre Môa
https://www.youtube.com/watch?v=fsIZX07qjd0

Bolsonaro declara que, se eleito, retira o Brasil da ONU
https://glo.bo/2nL7v02

Declaração Universal dos Direitos Humanos (UNESCO)
http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001394/139423por.pdf



Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
55 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar