Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo Assinado Contra Reajustes Abusivos nos Cursos Favuldade Nove de Julho Vila Prudente

Para: Exmo. Sr. Ministro da Educação - MEC e Faculdade Nove de Julho Vila Prudente

São Paulo, 06 de março de 2019
ABAIXO ASSINADO REFERENTE AO REAJUSTES ABUSIVOS E MENSALIDADE DO MÊS DE FEVEREIRO AO QUAL FOI PAGA E NÃO HOUVE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO
Nós, alunos desta Instituição – Faculdade Nove de Julho, Campus Vila Prudente – SP realizamos este abaixo assinado como mais uma tentativa de entrarmos em acordo referente ao valor das mensalidades por nós pagas a esta instituição.
O referido reajuste ultrapassa todas as projeções de inflação acumulada nos últimos 12 meses.
A Lei Federal nº 9.870\99, que dispõe sobre o valor das mensalidades, estabelece que deverá ser demostrado para o consumidor, por meio de uma planilha de custos, mesmo que o reajuste seja resultado de modificações no processo didático-pedagógico. A planilha de custos ou a justificativa do aumento, juntamente com o valor da nova mensalidade, termos do contrato e número de alunos por sala/classe deverão ser afixados em local visível e de fácil acesso na escola, 45 dias antes do prazo final para a realização da matrícula.
O descumprimento da Legislação Federal de que trata a matéria, ensejará na adoção das medidas judiciais cabíveis, assim como na denúncia ao Ministério da Educação e Ministério Público.
É aceitável que hajam aumentos para que os valores sejam repassados a reformas e melhorias nas unidades, mas as condições estudantis nunca melhoram. A exemplo equipamentos que apresentam-se sem condições de uso, como materiais para aulas práticas na área da saúde, laboratórios devidamente equipados para aulas práticas , internet, chromebooks, professores sem preparação e vontade/paciência de ensinar, ensino muito abaixo do esperado em vista do valor cobrado. Não temos uma organização administrativa, nosso atendimento em fila de espera da secretaria dura horas e horas, atendentes sem muita preparação e totalmente desinformados, nos tratam com ignorância e má educação, dificultam qualquer conversa para resolução de problemas e informações. Além da situação precária das salas quentes que disponibilizam ventiladores barulhentos que atrapalham as aulas, fora barulhos externos que adentram as salas. Seria interessante um sistema que abafasse os sons externo ou o uso de microfones para os professores, pois muitas vezes não escutamos o que é dito em aula.Temos a mensalidade mais cara da região e não temos salários dignos para arcar com aumentos exorbitante como são os reajustes desta Instituição de Ensino, deixando claro que este é apenas um exemplo do que acontece no curso de Fisioterapia, sendo que, os demais cursos oferecidos por esta instituição também sofreram tamanho e absurdo reajustes. Desejamos também, devolução ou isenção de uma parcela das mensalidades, visto que o mês de fevereiro foi pago e não tivemos se quer um dia de aula. Mais uma decepção de nós alunos com a Uninove. Sem contar o descaso de alguns coordenadores de curso, que só nos atendem quando é para benefício próprio, do contrário somos deixados sem qualquer atendimento.
Por esses e outros motivos, estamos através deste abaixo assinado reivindicando um desconto e também restituição do valor pago de fevereiro ou isenção de uma parcela e, que os reajustes sejam realizados de forma respeitosa, permanecendo para os semestres seguintes o que ficar acordado entre nós alunos e a direção.
Sem Mais.
Atenciosamente,
Alunos da Faculdade Nove de Julho




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
8 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar