Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Tratamento Precoce

Para: Médicos

Em janeiro, um mês antes do colapso no sistema de saúde causado pela explosão de casos de Covid-19, a prefeitura de Chapecó anunciou reforço do ‘tratamento precoce’ como medida de combate à pandemia. O kit de medicamentos, que contém cloroquina e ivermectina, é considerado polêmico porque não tem comprovação de eficácia contra o coronavírus e, de acordo com relatos médicos, pode levar os pacientes a terem complicações.

?> Prefeitura de Chapecó diz que não forçou tratamento precoce e não segue “ideologias”?

O protocolo (*) foi uma das primeiras ações de governo do prefeito João Rodrigues (PSD), que assumiu o cargo na virada de ano. Foi estabelecido no dia 4 de janeiro, três dias após a posse, mesmo período em que foi emitido o decreto que flexibilizou regramentos e ampliou o horário de funcionamento para atividades não essenciais.


O polêmico tratamento precoce já era oferecido na cidade. Mas o prefeito avisou que a ação seria reforçada, ainda na posse. Em um texto publicado no site da prefeitura, João Rodrigues falou em ‘resistência’ de alguns médicos em aderir ao protocolo.

?> Médicos relatam complicações em pacientes que usaram ‘tratamento precoce’ para Covid em SC?

- Estamos perdendo conhecidos, amigos, familiares, pessoas conhecidas na cidade e eu não vou ficar esperando. A partir de segunda-feira teremos um protocolo para tratamento precoce. Não faltou boa vontade mas há resistência de alguns. O vírus não tem partido – afirmou, na época.

?> Com distribuição de ivermectina, Itajaí tem a maior letalidade por Covid-19 entre grandes cidades de SC?

?> Natalia Pasternak: coquetel de medicamentos com ivermectina é baseado em medicina fantasiosa?

O município informou que até receitas de médicos da rede privada seriam aceitas na distribuição de remédios pelo município.

"Não faz mal"
À coluna , o prefeito disse nesta terça-feira (16) que avalia positivamente o protocolo estabelecido no início do mandato:

- O tratamento precoce não causa mal ao cidadão. O que pode é diminuir os efeitos de algo mais grave. Não foram todos os médicos que adotaram, é uma questão do profissional, é um direito que o médico tem e eu não posso impor isso, mas nós solicitamos que todos adotassem. No Brasil inteiro tem dado certo. Temos centenas de depoimentos de empresas em que os funcionários estavam apresentando alguns sintomas e deu resultado. Não tenho dúvida nenhuma de que é o melhor caminho.




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
3 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar