Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Nota de Repudio e o fim do aumento salarial de vereadores e prefeito da cidade de Capão Bonito

Para: Câmara Municipal de Capão Bonito - SP


Nota de Repúdio
A população capão bonitense repudia o aumento salarial do legislativo e executivo aprovado pela câmara nas sessões extraordinárias realizada na primeira semana de janeiro de 2022. Apesar da legalidade do aumento, o seu cumprimento é imoral e pouco republicano ao cabo que outras cidades estão congelando e cortando salários de vereadores e prefeito.
O aumento causa estranhamento, desconforto e indignação, pois chega quando o Brasil, bem como a nossa cidade atravessa pelo o que é já é considerado a pior crise de sua história: a pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).
Um reajuste, neste momento, mais do que uma incoerência é um descaso, em um país que o reajuste do piso salarial não é o aumento real devido a inflação e do necessário reajuste salarial do funcionalismo publico da cidade que era defasada mas que se mantém aquém do aumento proposto pelos nobres edis, mantendo assim um disparate salarial da classe política capão bonitense dentre os demais cidadãos. Pois para uma cidade como Capão Bonito, um salário de vereador ou prefeito é muito mais do que a grande maioria da população recebe.
Com os recentes discursos feitos por alguns nobres vereadores na tribuna da câmara, acabaram soando como escárnio para o cidadão capão bonitense, um tapa no rosto de cada eleitor que confiou o seu voto para representa-lo e devido a prática política comum em nossa cidade, não encontra voz para criticar ou questionar – até mesmo aprovar-, se tornando um fenômeno que sociologicamente é conhecido como “maioria silenciosa”, pois não encontra quem os representa.
A “casa do povo” que é a câmara municipal de Capão Bonito virou a sua costa para a população e o silêncio do excelentíssimo senhor prefeito Júlio Fernando sobre a questão acaba sendo no mínimo ensurdecedor. Apesar do discurso defendido por alguns edis, os políticos não são funcionários públicos, muito pelo contrário. E mesmo sendo um direito, a ação é moralmente prudente como relatado acima?
Enquanto a imagem do político é cada vez mais desmoralizada perante a população e o repudio dos mesmos pelo aumento exorbitante para a classe política, o seu descrédito apenas aumenta junto com os eleitores.
Por isso sugerimos nobre presidente da câmara, o senhor Paulo “Cecap” e o excelentíssimo senhor prefeito Júlio Fernando, possam rever estes aumentos que acabam sendo um ponto de discórdia entre a população e estes dois poderes.
Esperamos que o espírito de coletividade, tão característico na história de nossa cidade, seja suficiente para reverter esta decisão em favor da moralidade pública perante os seus cidadãos em um momento tão crítico a qual infelizmente vivemos.
Parafraseando o poeta romano Juvenal com a sua celebre frase “quis custodiet ipsos custodes?” (quem vigia os vigilantes?)... Quem vigia os Políticos? Nós, a população.
Obrigado!




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
34 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar