Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Nós Monitores de inclusão digital viemos através desta, manifestar o nosso descontentamento contra as duplas de escolas e demais atribuições.

Para: Exmo. Sr Prefeito de Santo André

Carta para a Secretaria de Educação, GETE, entre outros, contra as duplas de escolas e demais atribuições.

As Tecnologias na Educação em Santo André como parte do cotidiano foi um passo inovador e acertado no passado, que favorece a comunidade escolar até os dias atuais.
A história construída ao longo dos anos contou com profissionais da Educação que contribuíram para que dentro de escolas e outros equipamentos houvesse a presença de um profissional que pudesse mediar e auxiliar na utilização dos recursos tecnológicos. Nesse contexto e por pressão do Ministério Público, surge o cargo Monitor de Inclusão Digital (MID) no intuito de serem agentes facilitadores das TDICs, favorecendo o desenvolvimento de competências que contribuem no letramento digital de quem as utiliza, em especial dos alunos da rede, como destaca a competência geral 5 da Base Nacional Comum Curricular.

Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva. (BNCC, 2018)


Nós Monitores de inclusão digital viemos através desta, manifestar o nosso descontentamento com a situação que já vem acontecendo desde o primeiro concurso, isso em 2011 em que a defasagem de cargos de Monitor de Inclusão Digital se inicia foi menor do que a quantidade de equipamentos geridos pela Secretaria de Educação, sendo assim alguns (MIDs) Monitores de Inclusão Digital ao assumirem seus cargos tiveram que atribuir em duas escolas com a promessa de que seriam criados mais cargos assim ficando um MID por escola.
Piorando a situação vem o comunicado através da atual AP da GETE Srª Viviane representando a Secretaria de Educação, sobre o remanejamento de 1(um) monitor para 2 (duas) escolas após municipalização de 17 unidades, de ficar 1 dia em uma delas, sem nos consultar e/ou realizar qualquer tipo de diálogo previsto, aumentando assim nossa atribuição, desempenho e falta de condições para atendimento, além de logística de transporte sem nenhum reparo, suporte ou benefício que venham contribuir com a qualidade de trabalho e prestação de serviços aos nossos alunos.
Um ponto que devemos salientar é sobre o aspecto de nós MIDs ao assumirmos nosso cargo em 2013 prestamos o concurso e cuidávamos de basicamente 15 computadores, e hoje esse número disparou, pois além do próprio laboratório, ainda temos as máquinas que foram instaladas na sala de aula e os tablets que foram distribuídos aos alunos. E quando se fala em duas escolas esses números duplicam.
Em algumas unidades que por falta de um espaço melhor adequado ao LPI e o número de máquinas insuficientes para atender de uma só vez todos os alunos de uma turma, nós MIDs em acordo de bom senso e acreditando em um melhor atendimento, atuamos em parceria com os professores(as) e dividimos a turma, para melhor acomodar as crianças levando uma parte ao laboratório enquanto a professora aproveita para aplicar outros conteúdos em sala para os alunos que ficaram. Essa prática foi confundida em algumas unidades como obrigação do Monitor (o que não faz parte das nossas atribuições nem competência de nosso trabalho). Mas sempre que possível trabalhamos conteúdo pedagógico orientado pelo professor para um bom aproveitamento do aluno na área tecnológica.
Com essa prática de dividir um MID para duas escolas e a ausência de atendimento em alguns dias na escola sobrecarrega o trabalho do MID estressando pelo motivo de atender muitas turmas, mesmo que em escolas diferentes. Essa prática mostra um grande número de alunos atendidos, mas com baixíssima qualidade de uso dos equipamentos de informática.




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
3 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar