Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-assinado CONTRA COBRANÇA DE PEDÁGIO EM AVENIDA

Para: Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal

LINHA AMARELA & TRANSOLIMPICA são PEDÁGIOS URBANO EM AVENIDA - Vejo como algo arbitrário, ilegal e desnecessário uma vez que pagamos CIDE COMBUSTÍVEIS, ICMS, IPVA e IPTU.
*
Juridicamente só a União pode legislar sobre transito e transportes, a Lei Orgânica do Município também não prevê essa situação e nem teria autonomia pra sobrepor as normas da Constituição Federal.
*
Os limites do Município nessa condição esbarra no Art.81 do CTN-CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL que prevê a Contribuição de Melhoria como única via de "direito legal" e mediante referendo popular pra comprovar que o município não tem recursos próprios e precisa executar a obra. No caso de Ruas, Avenidas ou Vias Expressas.
*
- Pedágio Municipal em Avenida, definitivamente é abuso de poder !
*
- Quanto custa ao cidadão Carioca o quilometro da Linha Amarela?
R - Somem o arrecadado desde 1997 pela LAMSA + IPTU + IPVA + CIDE COMBUSTÍVEL + ICMS e divida tudo por 15Km, e vai encontrar o valor exorbitante dessa conta.
*
Sou contra Pedágio Urbano em Avenida Municipal, queremos providencias nesse sentido pra cassar a concessão e proibir a LAMSA e TRANSOLIMICA cobrar pedágio e com esse objetivo assinamos esse manifesto.




Qual a sua opinião?

Abaixo-assinado CONTRA COBRANÇA DE PEDÁGIO EM AVENIDA, para Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal foi criado por: CONTRA UTILIZAÇÃO ILEGAL E ABUSIVA DOS PEDAGIOS.
O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
459 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar