Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-assinado Regularização da Profissão de Bartender

Para: Congresso Nacional

Indignação
Em decorrência do crescimento da economia, a cada ano, cresce o número de pessoas que vêm buscando desenvolver suas atividades profissionais na área. Apesar de ser uma das profissões mais antigas do Brasil, até o dia de hoje, ainda não obteve o devido reconhecimento pelos órgãos públicos.
Vamos tentar ampliar o leque de percepção dos leitores, 40% de todo o PIB do turismo correspondem aos negócios gerados pelo setor de bares e restaurantes, e que também é responsável por 65% dos empregos da cadeia produtiva do turismo. Este é o único setor presente em todos os municípios brasileiros e que abriga hoje mais de 1 milhão de bares e restaurantes.

Com o Brasil se tornando a sexta economia mundial, a Classe C batendo todos os recordes de consumo e o turismo interno superando todas as expectativas, será que não é a hora de discutir a Regulamentação da Profissão ?

Diante do exposto, como explicar que profissões criadas há tão pouco tempo, já tenha obtido sua regulamentação?
Como exemplo, citamos a regulamentação das profissões de motoboy e mototáxi, as quais, no dia 29 de julho de 2009, apenas oitoanos após sua reivindicação foi sancionada a Lei nº 12/009, pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva.

O que significa regulamentar uma profissão?
Significa ter a “proteção” dos direitos e deveres de uma determinada categoria profissional, por meio de leis que serão empregadas e fiscalizadas.

Quais as vantagens na regulamentação da profissão de Bartender?
Inúmeras. Além dos direitos trabalhistas, uma das principais vantagens é a fiscalização da formação profissional, pois cursos livres, inclusive via internet, são oferecidos como formação profissional, mas não garantem a segurança e a qualidade do atendimento necessários. No passado inúmeras profissionais desenvolviam esse atendimento na informalidade.

Reflexão
É comum escutarmos profissionais dizerem que amam a profissão e que se sentem realizadas em exercê-la. Mas infelizmente a conscientização da necessidade da busca por nossos direitos, ainda não realizou as transformações necessárias em nossas atitudes profissionais. Somos uma classe “tímida” que ainda não acredita no seu poder, poder esse aplicado principalmente pela ética, pelo conhecimento e pela união.
Nunca alcançaremos nossos propósitos se a “inércia” continuar a ser o comportamento da maior parte da nossa classe. Acreditem, somos capazes de transformar sonhos em realidade, mas para isso é necessário ação, empenho, dedicação e envolvimento.

“Os empresários do setor, com raras exceções, apesar do sucesso de suas empresas dependerem de nossa mão de obra, não se envolvem em nossas lutas”.




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
1.788 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar