Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Carta aberta - Pela inclusão da população quilombola na relação de grupos prioritários a receberem a vacina

Para: Reinaldo Azambuja - Governador do Estado de Mato Grosso do Sul

Ao
Exmo Senhor
Governador do Estado de Mato Grosso do Sul
Reinaldo Azambuja
Gabinete do Governador


Senhor Governador,

Vimos por meio deste, reivindicar de V. Excelência, que vem administrando os diversos, complexos e específicos panoramas relacionados aos cuidados e prevenção de novas ocorrências de contaminação por Corona vírus (COVID19) em nosso estado.

Vale a pena mencionar, que apesar das regras estabelecidas, pelo Ministério da Saúde, no que se refere à relação de grupos prioritários a receberem à vacina, quais sejam todos os profissionais da linha de frente do combate à pandemia, idosos asilados, povos indígenas aldeados, etc.

Ficamos surpresos, quando constatamos que a população quilombola não está incluída nessa Lista, pois ao igual dos nossos irmãos indígenas, idosos asilados, nós também somos comunidades que habitamos em locais distantes das cidades, com carência de locomoção, portanto, com dificuldade de acesso aos atendimentos emergenciais.

Solicitamos que seja incluído na lista de prioridades a serem vacinadas na primeira etapa a população negra quilombola, assim como inicialmente publicizado. É inadmissível negar a urgência e também a necessidade de atender a esta população que ao longo dos séculos são deixados a margem da própria sorte.

Esta situação extraordinária nos coloca em situação de risco iminente, do mesmo modo que coloca aos povos indígenas e outras populações. Deste modo e, em vista da não figuração do povo Quilombola na Lista de Vacinações Prioritárias, segue a nossa Relação das Comunidades Quilombolas Rurais e Urbanas em Mato Grosso do Sul:

Campo Grande: Quilombo Urbano Eva Maria de Jesus, São João Batista, e Quilombo Rural Chácara dos Buritis;
Aquidauana: Furnas dos Baianos;
Bonito: Águas do Miranda;
Corguinho: Furnas de Boa Sorte;
Corumbá: Família Campos Corrêa, Família Ozório, Família Maria Theodoro Gonçalves;
Dourados: Dezidério Felipe de Oliveira- Picadinha;
Figueirão: Santa Tereza, Família Malaquias;
Jaraguari: Furnas dos Dionísio;
Maracaju: Colônia de São Miguel;
Nioaque: Família Cardoso, Família Araújo e Ribeiro, Família Ramono Martins da Conceição e Família Bulhões;
Pedro Gomes: Família Quintino;
Rio Brilhante: Família Jarcem;
Rio Negro: Ourolândia;
Sonora: Família Bispo;
Terenos: Dos Pretos.

Solicitamos que em observância às características populacionais particulares de nosso estado, sejam incluídos os povos Quilombolas que habitam as zonas Rurais e Urbanas de Mato Grosso do Sul.

Nós, os diversos coletivos da sociedade civil, aguardamos a sequência e consequente resposta a esta solicitação. Com sua resposta efetiva, V. Excelência nos dirá que de fato, nós estaremos compondo essa lista; como forma de continuar existindo.

Reiteramos que isto só será possível graças à sua aprovação para a inclusão dos Povos Quilombolas na Lista de Vacinações Prioritárias.

Sem mais, agradecemos de antemão o atendimento à nossa reivindicação, na certeza de contar com sua prestimosa compreensão.

Atenciosamente,

Romilda Neto Pizani – Coordenadora do Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro MS
FPEMN-MS
CONAQ-MS
FENAQ-MS
CONERQ-MS






Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
85 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar