Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Carta ao Cau-BR

Para: Ilustríssimo Senhor Haroldo Pinheiro Villar de Queiroz. Presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Setor Comercial Sul (SCS), Quadra 02, Bloco “C”, Ed. Serra Dourada, Salas 401/409 – Asa Sul – CEP: 70.300-902, Brasília/DF

Senhor Presidente,

Nós, Arquitetos e Urbanistas, signatários deste documento, vimos expressar nossa indignação com a forma que o CAU-BR abordou o tema Reserva Técnica, durante o III Seminário Legislativo de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, realizado nos dias 9 e 10 de julho de 2015 em Brasília.

O assunto foi dito, escrito e publicado, com o uso de expressões como propina, jabá, corrupção e ainda comparou arquitetos e urbanistas a funcionários públicos corruptos envolvidos na operação Lava Jato. Faz-se necessário esclarecer, que essa forma de condução e abordagem sobre o tema, gerou uma repercussão negativa entre os profissionais e a sociedade.

Registramos aqui, nossa ofensa com o tratamento dado ao assunto no referido Seminário e na mídia, na certeza de que foi uma abordagem desnecessariamente agressiva, inoportuna e desagregadora.

Por muitos anos os profissionais de Arquitetura e Urbanismo foram sufocados dentro de um conselho (CREA) que nos via (e ainda vê), como profissionais de segundo escalão. A criação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo foi motivo de muita alegria para todos nós, na esperança de que tinha chegado o momento de nos reestruturarmos e reposicionarmos no Mercado de Trabalho, amplificando a divulgação da importância do nosso trabalho para sermos valorizados e reconhecidos pela sociedade.

Reconhecemos e agradecemos o trabalho realizado pelo CAU/BR em prol da nossa profissão. Entretanto, com relação ao tema Reserva Técnica, a nosso ver, o Conselho tem sido extremamente infeliz na condução deste processo tendo em vista os resultados esperados. E fazemos esta colocação porque entendemos que abordar de forma tão agressiva e repressora uma questão que envolve sobrevivência em um mercado de trabalho aviltado por inúmeros fatores, tem pouquíssima possibilidade de êxito, ou seja, nada irá se alterar, sem falar que há ainda o risco de se estigmatizar a categoria junto à sociedade e o CAU/BR junto à categoria, tendo por consequência, o afastamento de uma boa quantidade de profissionais das atividades dos Conselhos Estaduais.

Certos de que os nossos objetivos são os mesmos, gostaríamos de propor outra estratégia de atuação. Acreditamos que se concentrarmos esforços em uma agenda positiva que amplie e valorize nossa atuação no mercado, teremos resultados melhores.

Algumas ideias levantadas para esta agenda foram:

- Elaborar uma pesquisa junto à sociedade para saber como ela nos vê e com base nos resultados desta pesquisa, lançar uma campanha de marketing focando a valorização da profissão;

- Atuar de forma mais incisiva na divulgação da importância da aplicação da Tabela Nacional de Honorários, como também, na promoção de cursos de capacitação para sua utilização;

- Incentivar o estabelecimento de parcerias entre os CAUs UFs e as Universidades e/ou Faculdades de Arquitetura e Urbanismo em prol da formação de novos profissionais com consciência de como atuar no mercado de trabalho com ética e responsabilidade;

- Apoiar à promoção de cursos de gestão para escritórios de arquitetura para incentivar a profissionalização do mercado.

Outras ideias que concorram para o mesmo objetivo poderão se somar a estas.

Desde já nos colocamos a disposição para colaborar neste processo e trabalharmos juntos em prol da VALORIZAÇÃO DA NOSSA PROFISSÃO para, de fato, promovermos ARQUITETURA E URBANISMO PARA TODOS em nosso país.

Na certeza de termos nosso pleito atendido, encaminhamos este documento, entregue em mãos ao nosso Conselheiro Federal e Vice-Presidente do CAU/BR, colega Anderson Fioreti de Menezes.

Por fim, informamos que, por ser tratar da defesa dos interesses de nossa categoria, nomeamos como nosso representante o Sr. José Carlos Neves Loureiro, presidente do Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas no Estado do Espírito Santo, cujos contatos são:

- Endereço: Rua Hélio Marconi, nº 58, Bento Ferreira, Vitória/ES – CEP: 29.050-660;

- E-mail: sindarq-es@hotmail.com;

- Telefones: (27) 3082-0076 e (27) 9 9262-6672.

Assinam este documento:




Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
375 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar